Movimento Corinthians Grande

O Movimento


O Movimento Corinthians Grande nasceu da reunião de associados entusiasmados em debater projetos para uma administração competente e responsável do nosso clube, do nosso futebol e da nossa arena . Em períodos eleitorais, o embate de ideias fica em segundo plano. A disputa se limita a nomes. É preciso evoluir, com novas vozes. É o momento de levantar bandeiras e mover-se por crença em ideais, de modo livre e plural. É tempo de mais participação. É a oportunidade de substituir a política de nomes pela política de conceitos.

Nossa Missão

Nossa missão

Gerar fluxo de caixa positivo para poder oferecer, por meio do esporte, o máximo de benefícios para seus torcedores, consumidores, sócios, funcionários e parceiros, e que produza impacto positivo máximo nas comunidades do clube e na sociedade brasileira como um todo, de maneira contínua.

Nossa visão

Nossa visão

Criar e implementar no Sport Club Corinthians Paulista um modelo de gestão Corinthiano, que busca conciliar a excelência administrativa com a incessante busca pela vitória dentro e fora de campo de maneira transparente, democrática, contínua e sustentável.

Nossa Missão

Nossos valores

Ética, Independência, Integridade, Comprometimento, Responsabilidade, Competência, Inovação e Trabalho em Equipe.

Quem Somos


Presidente

Presidente

Felipe Ezabella

Com 39 anos, Ezabella é cria do Parque São Jorge: está presente no clube social desde a infância, do parquinho ao antigo terrão. Entre 2007 e 2009, foi Vice-Presidente de Esportes Terrestres, onde incentivou o retorno do clube às disputas das categorias de base de basquete, bem como à Liga Nacional de Futsal. Como conselheiro, foi eleito para dois mandatos consecutivos (2007/2012 e 2012/2015), sendo eleito Secretário-Geral do CORI (Conselho de Orientação) no segundo deles. Foi membro da comissão de reforma estatutária que aprovou o fim da indicação presidencial para o cargo de conselheiro e a eleição direta para Presidente. Advogado, é Mestre e Doutor pela Universidade de São Paulo e Especialista em Administração Esportiva pela FGV/SP.

Primeiro Vice-Presidente

1º Vice-Presidente

Fernando Alba

Sócio desde 1976, Alba tem 46 anos e já passou por diferentes áreas do clube. Foi diretor de esportes aquáticos entre 2008 e 2010, além de ter sido eleito conselheiro em três oportunidades diferentes. Foi diretor geral da base durante mais de três anos, quando levou o time sub 20 ao bicampeonato da Taça São Paulo de Juniores. Cursou Engenharia Química na Universidade Mackenzie e Administração na Unicid. Hoje é empresário na área de estacionamentos.

Segundo Vice-Presidente

2º Vice-Presidente

Fabio Carrenho

Sócio do clube desde criança, Carrenho foi conselheiro nas duas últimas gestões (2012/2015 e 2015/2018). Tem 36 anos, é formando em Propaganda e Marketing pela UNIP e é empresário no ramo de confecção. Iniciou sua vida no clube jogando futebol interno no terrão, no tradicional CIFAC. Hoje participa ativamente de vários departamentos – no Futsal, Society, Futvoley, Canindé (Futebol de Campo), Tamboréu e Academia, entre outros. Como gestor, foi assessor do Canindé e depois Diretor Geral do Departamento.


Somos associados que desejam criar e propor um modelo de gestão para o clube. Quer abraçar nossa causa e ter seu nome aqui? Nos escreva:

  • Alan Gomes Faria
  • Alexandre Rosa Bergoci
  • Alexandre Tavares
  • André de Moraes Jorge
  • André Jorge
  • André Rosemberg
  • André Silva da Cruz
  • Ângelo Carrenho
  • Antoine Gebran Filho
  • Antonio Carlos dos Santos Vieira
  • Antonio Carlos Vianna Barros
  • Armando Mendonça
  • Augusto César
  • Caio César de Arruda Mesquita
  • Carlos Eduardo Borges de Moura
  • Carlos Magno
  • Carlos Roberto dos Santos
  • Carlos Zaparoli
  • Cláudio Luís Neves Castellano
  • Daniel Dias
  • Daniel Jorge
  • Danilo Braghiroli 
  • Denis Fuchman 
  • Dilson Costa de Menezes
  • Dirso Parpineli Filho
  • Emerson Chinen
  • Emerson Fazendeiro
  • Erika Papangelacos
  • Evandro Guimarães
  • Fábio Antonio Palmieri 
  • Fabio Spuch
  • Fábio Vasconcellos de Arruda
  • Fausto Bittar Filho
  • Felipe Roberto Cassab
  • Flavio Ferrari Junior
  • George Lemos Nozima
  • Gerson Mendonça Neto
  • Heleno Maluf
  • Henrique Rupp
  • Ivani Medrado
  • Jacinto Júnior
  • Jair Rodrigues Nunes
  • João Cruz Filho
  • Joel Haddad e Fagundes
  • José Carlos Passaretti 
  • José Ezabella
  • Jose Luís Camargo
  • José Manoel Idalgo
  • Leandro Monteiro Moreira
  • Levon Kessadjikian Filho
  • Luciano Mollica
  • Luis Eduardo Thomé
  • Luis Fernando de Hollanda
  • Luiz Okumura
  • Marcelo Arone
  • Marcelo Munhoes
  • Marcelo Silber
  • Marco Meserlian
  • Marcos Paulo L. Pimentel
  • Marcos Teodoze Pascoal
  • Milton Mendonça
  • Mirella Havir
  • Olavo Tortelli
  • Oldano Carvalho
  • Paul Reiter
  • Paulo Pimentel
  • Paulo Roberto Bastos Pedro
  • Paulo Sérgio Daud
  • Pedro Luiz Martins 
  • Pedro Vianna Barros
  • Priscila Balbino
  • Rafael de Carvalho Passaro
  • Raul Corrêa da Silva
  • Regynaldo Mollica
  • Reinaldo Veloso dos Santos
  • Renata Camargo
  • Renato Campiteli
  • Renato Pezzotti
  • Richard de Paula
  • Roberto Maia
  • Roberto Vianna Barros
  • Rodrigo Adura
  • Rodrigo Plotek
  • Rodrigo Vicente Bittar
  • Rogério Fenile
  • Rogério Mollica
  • Rozallah Santoro
  • Rubens Approbato
  • Rui Gumiero Baroni
  • Sérgio Alvarenga
  • Simone Skaf
  • Tony Gebran
  • Vicente Barizza
  • Wagner Mattar
  • Wagner Mohallem
  • Yuri Ballarini
  • Yvan Leonardo Barbosa Lima

Nossas premissas


1. O Movimento Corinthians Grande é a soma de esforços de associados que desejam criar e propor um modelo de gestão eficiente, responsável e inovadora para o clube.

2. Nosso objetivo é debater ideias, projetos, programas – soluções para o Corinthians. Queremos substituir a campanha de nomes pelo choque de ideias.

3. Teremos uma candidatura forte à Diretoria, que reunirá as pessoas que se mostrarem mais indicadas para executar nosso projeto de gestão.

4. Supervalorizamos o debate de ideias. Por isso, faremos uma campanha sem ataques pessoais. Nosso escopo maior é de dialogar sobre programas e não acusar pessoas ou ofender gestões. Pra frente é que se anda!

5. Nesse debate respeitoso de opiniões, é natural que surjam divergências pontuais em uma reunião tão heterogênea. Estamos reorganizando um modelo de gestão. Não é fácil. Lutamos pelo melhor.

6. O clube passou por importantes progressos nos últimos anos. Muitos dos que compõem o movimento fizeram parte das últimas gestões . Mas diagnosticamos que há uma estagnação. É hora de evoluir. Tornar o Corinthians maior do que já é.

7. Acreditamos na qualificação como principal ferramenta para construir. Por acreditar nisso, contratamos a Universidade do Futebol para que, com sua experiência e excelência, contribuísse na elaboração do projeto de gestão.

8. Nosso projeto é para o Corinthians . E ninguém sabe o que é melhor para o Corinthians do que o Corinthiano. Isto posto, o protótipo que será apresentado é a pedra bruta, a ser lapidada com a colaboração dos que quiserem participar.

9. Como eixos centrais, o projeto contemplará princípios que nos uniram:“paixão”, “descentralização”, “profissionalismo”, “eficiência”, “governança e compliance”.

10. Estamos entusiasmados. E para quem quiser empunhar essa bandeira não faltará trabalho. O empenho leva ao sucesso. Vamos em frente!

Nosso Projeto


Comunicados


Na Imprensa


Contato